A verdadeira dor da perda é falar sozinho

Dia 09 de setembro parecia um dia normal até que deixou de ser. Acordei muito cedo, desejei feliz aniversário para o meu pai, fui para o trabalho sem me despedir do meu marido, o João, que ainda dormia. Pouco depois, ele também saiu para trabalhar, e falamos amenidades durante o dia todo através de mensagens. … Continue lendo A verdadeira dor da perda é falar sozinho