Esse projeto é um convite para quebrar o tabu. Um canal de inspiração e de informação para quem vive o luto e para quem deseja ajudar

Contato

A melhor forma de entrar em contato é pelo e-mail



Ou através da nossa assessoria de imprensa:
Circular Comunicação
55 11 3796-5054 / 55 11 3796-5059


FAQs

Tem alguma dúvida? Veja abaixo se ela já foi respondida. Caso você não encontre a resposta para a sua pergunta, entre em contato com a gente!

Vocês promovem encontros? Qual é o calendário de eventos?

O ‘Vamos falar sobre o luto?’ é um projeto digital de comunicação e não temos como vocação o atendimento terapêutico ou os encontros presenciais. Porém, temos muito prazer em divulgar quem promove essas atividades em várias cidades do pais. Saiba mais em Quem pode ajudar.

Eu gostaria de ser voluntário. Como posso ajudar?

O primeiro passo é preencher uma ficha de inscrição nesse link. Nós não temos uma lista de atividades fixas, mas à medida que as demandas vão aparecendo, anunciamos para os voluntários cadastrados para verificar quem tem disponibilidade no momento.

Eu quero contar a minha história. Como eu faço para publicá-la aqui?

Sabemos que, para muita gente, falar e escrever fazem bem. Nós incentivamos a escrita e criamos uma área aberta no site chamada Confessionário para quem quiser enviar sua história. Não há publicação direta do conteúdo, mas ele pode servir de inspiração para novos posts e discussões por aqui.

Eu quero colaborar financeiramente com o projeto. Vocês aceitam doações ou parcerias de empresas?

Oba, que ótima notícia. Esse projeto só existe porque dezenas de pessoas apostaram nele e contribuíram financeiramente. O trabalho das fundadoras é voluntário, mas temos custos para produzir materiais e manter o site. Com mais recurso, é possível produzir mais e ajudar mais gente. Estamos abertas a conversar com indivíduos e empresas desde que o objetivo seja um só: apoiar a vivência do luto. Entre em contato pelo email: [email protected]

Qual é a história de vocês? Por quais perdas vocês passaram?

É claro que muita gente quer saber que luto vivemos e, embora não tenhamos nenhum problema em falar sobre isso, sempre dizemos que nossas histórias são tão importantes como todas as outras que escutamos por aí. Nos mobilizamos para ampliar a conversa sobre o luto na sociedade e isso vai muito além dos nossos relatos pessoais. Mas pouco a pouco, nossas histórias vão aparecer nos posts junto com tantas outras.

Existe algum luto mais difícil do que o outro?

Não somos psicólogas e não cabe ao grupo caracterizar as dores e os processos. Aqui, nesse espaço, todos os lutos são singulares e todas as pessoas são bem-vindas, cada qual com a sua dor e a sua forma de lidar com a perda.

O que pode me ajudar? Como eu sofro menos diante de uma perda tão triste?

Cada um vive o luto de uma forma particular… de acordo com a relação com a pessoa que se foi, sua personalidade, rede de apoio, projetos futuros, fé. Aprendemos que não existe receita de bolo e nem certo ou errado. Por isso, procuramos trazer aqui uma série de possibilidades para te inspirar e pessoas para te apoiar. Você é o protagonista desse processo e, experimentando, vai descobrir o que te faz bem.